Como participar

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Depoimentos

Luciano Lomeu
(ex-aluno do CEFET )

“O grupo Assum Preto vai muito além da dança, da música e da interpretação. A cada coreografia nova, a cada nota nova, vem junto um vagão de experiências , de ensinamentos e uma riqueza cultural inestimável. Além disso o Grupo é responsável por mudar para melhor todos aqueles que passam pelo grupo, mesmo que estas mudanças sejam pequenas se vistas por olhos de fora. Entre a correria do dia-a-dia de um Cefetiano, é no Assum Preto que encontro os meus melhores  momentos de alegria e distração. Hoje eu não faço parte do Assum Preto hoje EU SOU ASSUM PRETO!!”
Guilherme Oliveira Silva
(ex-aluno do CEFET)

O Projeto de Extensão Social Assum Preto está sendo muito importante na minha formação social, pois com ele, com certeza, foi e está sendo possível absorver várias culturas diferentes em um mesmo país. Foram várias as dificuldades enfrentadas ao decorrer do ano, desde a falta de espaço e tempo para as reuniões até a falta de material para as apresentações. Uma corrente tão bem expressada como esse projeto não pode deteriorar-se assim com o tempo. As pessoas precisam valorizar e absorver todas as informações a sua volta”.

Layla Ribeiro Ávila
(ex-aluna do CEFET)

“Comecei a participar do grupo em 2006. Por gostar muito de música, iniciei na parte instrumental. Nesse tempo que freqüento os ensaios e apresentações. Aprendi muito mais que algumas músicas nos instrumentos. Ampliei meu conhecimento sobre cultura brasileira. Aprendi que folclore é muito mais que lendas, muito mais que o passado pelas escolas.O grupo não só ensina sobre cultura, como também ajuda os alunos a terem mais união, organização e amizade.Quando assisti a dança indígena, fiquei admirada e quando ouvi a história dessa tribo, achei interessantíssimo o trabalho do grupo Assum Preto . Então, participei desta dança. Enfim, aprendi e cresci muito durante esse tempo e acredito que todos os meus colegas também aprenderam muito. O “Assum Preto” já faz parte da nossa lista de prioridades.”



Aline Rocha Sobral
(ex aluna do CEFET)

“Oi, meu nome é Aline estou no 2º Inf. e faço parte do Projeto de Extensão Grupo Folclórico Assum Preto há dois anos. É muito bom estar participando do Projeto de Extensão Assum Preto, pois eu sou muito comunicativa e o projeto me ajudou a ampliar a minha comunicação de uma forma com que a pessoa com que eu esteja falando saiba a minha origem, além de me ajudar a ouvir e respeitara opinião das outras pessoas. Como bolsista, eu percebo que para o nosso Projeto estar do jeito que está com a qualidade que ele possui, depende somente de quem esta participando dele, principalmente os alunos do CEFET que mesmo com uma carga horária tão pesada conseguimos arrumar tempo para os ensaios, pois temos este compromisso com nós mesmos. Mesmo na época em que morava em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, nunca tinha visto um projeto que retratasse tão fielmente a nossa cultura como o Assum Preto, pois nas escolas de lá o folclore que nos era ensinado é sempre aquele folclore didático, falando sobre o Saci-Pererê, Cuca, Mula-sem-cabeça, etc”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário